Parceiros

O Movimento Menos um Carro integra parceiros que revelam um real interesse em contribuir para alterar a mobilidade no sentido da maior sustentabilidade, independentemente da área em que operam.

Contribuem com a sua perspectiva em termos teóricos e práticos, envolvendo e sensibilizando o público em geral. Ambiente, saúde, segurança, mobilidade reduzida e activos defensores de modos de mobilidade menos poluentes são alguns dos exemplos de participações estratégicas no sentido da mudança.

O Movimento está, a partir deste momento, aberto a participações de todas as entidades interessadas. Para tal, bastam objectivos convergentes com os de Menos um Carro e respectiva integração do manual de normas do mesmo, disponível mediante solicitação.

AMTL - Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa

AMTL – Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa

IMTT - Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres

IMTT – Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres

Siemens

Siemens

TIS - Consultores em Transportes, Inovação e Sistemas

TIS – Consultores em Transportes, Inovação e Sistemas

É nossa forte convicção que a importância do Menos um Carro ultrapassa a fronteira geográfica de Lisboa ou mesmo da sua Área Metropolitana.

10:10 Portugal

10:10 Portugal

O 10:10 tem um ponto em comum com o Menos Um Carro, que é o incentivo a formas de transporte mais sustentáveis, mas tem um objectivo mais abrangente: o de cortar quaisquer emissões de CO2 em 10%.

EMEL

EMEL

GEOTA

GEOTA

O caos diário do tráfego afecta a qualidade de vida dos cidadãos e o sistema onde vivem. A entrada de carros na cidade de Lisboa produz impactos ambientais visíveis e sentidos na qualidade do ar, na saúde da população e no ambiente urbano.

AERLIS

AERLIS

ASPEA

ASPEA

ACAPO

ACAPO

Um número mais reduzido de carros, em Lisboa, contribuirá para a melhoria da circulação em segurança de todas as pessoas, especialmente das que possuem deficiência visual.

Associação Salvador

Associação Salvador

O excesso de carros na cidade origina problemas de estacionamento em cima dos passeios, o que dificulta bastante a vida das pessoas com mobilidade reduzida.

Direcção-Geral de Saúde

Direcção-Geral de Saúde

Menos carros em Lisboa vai melhorar a saúde da população e o ambiente da cidade, aumentando a qualidade de vida dos lisboetas.

Quercus

Quercus

Quem não utiliza transportes públicos mantém a imagem de há 15 anos, desconhecendo muitos dos investimentos feitos em conforto e pontualidade.

FPCUB

FPCUB

É importante criar um maior espaço para peões e utilizadores de bicicleta e ter uma melhoria generalizada da mobilidade urbana

Agência Portuguesa do Ambiente

Agência Portuguesa do Ambiente

IPJ

IPJ

O ambiente e a mobilidade sustentável têm que ser, cada vez mais, uma preocupação partilhada e que assume contornos mais evidentes com a população juvenil.

PSP

PSP
O projecto é uma boa forma de fazer diminuir a sinistralidade rodoviária, bem como actos contra-ordenacionais e criminosos, em termos rodoviários


tumblr page counter